MRS registra redução no número de acidentes ferroviários

4, FEV de 2017


A MRS apresentou hoje o Balanço Anual dos Acidentes Ferroviários. A análise dos números de 2016 mostrou uma redução de 20% no número de ocorrências se compararmos com o mesmo período do ano anterior.

A direção da empresa acredita que parte do bom resultado se deve à atuação da imprensa, que vem contribuindo, de forma decisiva, para a adoção de uma cultura de segurança perante a ferrovia. No entanto, 87% dos acidentes ainda são causados pela imprudência de pedestres e motoristas.

Números

Em 2016, ao longo dos 105 municípios nos quais a empresa está presente foram registrados 94 acidentes. Isto representa uma média inferior a um acidente por cidade ao longo de todo o ano passado. Se compararmos esses números ao realizado em 2015, ano em que houveram 118 atropelamentos ou abalroamentos, chega-se a uma redução expressiva de 20,3%. 

Mesmo com uma redução de 39% (18 acidentes em 2015), pelo quarto ano consecutivo, Juiz de Fora/MG foi o município em que foram registrados mais acidentes na malha sob administração da MRS, 11 no total. Em seguida, completam a lista das cidades com mais ocorrências Itaguaí/RJ e Carandaí/MG, com nove, e Mangaratiba/RJ, com sete casos.

“Mesmo com os resultados alcançados através do bom andamento dos trabalhos de segurança e das ações de conscientização, em geral, infelizmente, ainda presenciamos atitudes imprudentes na ferrovia, por este motivo precisamos continuar disseminando a cultura de segurança”, ressalta o gerente geral de Faixa de Domínio e Interferências Uascar Carvalho.

Fonte: Site Fato Real

4, FEV de 2017