Conheça as séries que se destacaram no Emmy 2016 - Por Caroline França

23, SET de 2016


As premiações são uma ótima oportunidade para conhecermos novas produções e destacarmos aquelas que já fazem parte da nossa rotina. No último domingo, 18, foi realizado o 68º Emmy Awards, que premiou os principais destaques da TV do Estados Unidos. Hoje, o Hiper Teia mostra as séries que se destacaram no evento.

Game of Thrones

Pelo segundo ano consecutivo, Game of Thrones conquistou a estatueta de melhor série dramática. A atração, que tinha 23 indicações, conquistou, ainda, os prêmios de melhor direção e melhor roteiro. Com isso, acumula 38 vitórias, superando a comédia Frasier, vencedora de 37 prêmios durante o período em que foi ao ar, entre 1993 e 2004.

Exibida pela HBO e baseada nos livros da franquia As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R.R. Martin, a série se passa em Westeros, uma terra reminiscente da Europa Medieval, onde as estações duram por anos ou até mesmo décadas. A história gira em torno de uma batalha entre os Sete Reinos, onde duas famílias dominantes estão lutando pelo controle do Trono de Ferro, cuja posse possivelmente assegurará a sobrevivência durante o inverno que está por vir.

The People v. O.J. Simpson: American Crime Story 

A minissérie The people v. O. J. Simpson: American Crime Story -que já entrou para a minha lista- tinha 22 indicações e venceu em cinco categorias: melhor minissérie, melhor roteiro, melhor ator (Courtney B. Vance), melhor atriz (Sarah Paulson) e melhor ator coadjuvante (Sterling K. Brown).

O drama é baseado no julgamento Orenthal James, ex-jogador de futebol americano, acusado de assassinar a esposa Nicole Brown e o amigo Ronald Goldman. A história é contada pela perspectiva dos advogados que conduziram o caso, explorando os acordos feitos de maneira informal e as manobras políticas conduzidas pelos lados envolvidos.

Orphan Black

A melhor atriz em série dramática foi Tatiana Maslany, que ganhou por sua atuação em Orphan Black. No discurso, ela disse estar orgulhosa de fazer parte de uma história que coloca "as mulheres no centro da atenção".

Com quatro temporadas, disponíveis na Netflix, a trama começa com a história de Sarah Manning, que, após presenciar o suicídio de uma mulher, assume sua identidade para resolver os próprios problemas financeiros. No entanto, ela descobre que está no centro de um mistério que vai mudar sua vida, quando se vê cara a cara com mais três mulheres idênticas a ela. Todas são clones e precisam salvar as próprias peles enquanto tentam descobrir quem são os responsáveis pelos experimentos genéticos.

Mr. Robot

Na categoria de melhor série dramática, venceu Rami Malek, protagonista de Mr. Robot, desbancando Kevin Spacey (House of Cards). Ele interpreta Elliot, um jovem programador que trabalha como engenheiro de segurança virtual durante o dia e como hacker vigilante durante a noite. Elliot se vê numa encruzilhada quando o líder de um misterioso grupo de hacker o recruta para destruir a firma que ele é pago para proteger. Motivado pelas suas crenças pessoais, ele luta para resistir à chance de destruir os CEOs da multinacional que ele acredita estarem controlando e destruindo o mundo.

Veep

No gênero comédia, Veep se destacou pelo segundo ano consecutivo, vencendo a categoria de melhor série do gênero. A atriz Julia Louis-Dreyfus ganhou pela quinta vez seguida o Emmy de melhor atriz cômica pelo papel de protagonista.

Com cinco temporadas, a série, exibida pela HBO, conta a história da senadora Selina Meyer, que assume o posto de vice-presidente dos Estados Unidos. Ela descobre que este trabalho está longe de ser o que ela tinha imaginado durante toda a vida e terá que lidar com a imprensa e com os constantes jogos do poder.

Transparent

O ator Jeffrey Tambor venceu a categoria de melhor ator de série de comédia por sua atuação em Transparent. A série mostra as transformações na vida de uma família de Los Angeles. Mort se reúne com os três filhos para falar do futuro, que ficam chocados ao descobrir que o assunto não é herança financeira, mas a notícia de que o pai deseja se assumir como transgênero.

Se você quer conhecer os indicados e vencedores de todas as categorias, acesse www.emmys.com

23, SET de 2016